Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

06.Jan.18

a infância das minhas sobrinhas

Também sou mãe, e o que nunca fiz com a minha filha foi exigir-lhe demasiadas competências, para a idade. Cresceu e evoluiu ao seu ritmo.

 

O que se passa com as minhas sobrinhas, é precisamente o oposto, têm que ser as melhores em tudo. Com 6 meses a minha sobrinha mais crescida já "dizia" olá (evidentemente que não). Tantas e tantas vezes, vi a minha irmã obrigá-la a caminhar... não a deixava gatinhar...

 

Para mim, as crianças precisam de ser crianças, precisam de brincar no devido tempo, e acima de tudo fazer disparates.. o facto de aprender algumas competências muito cedo, não as fará alunas de excelência na idade adulta... mas eu não sou a mãe das minhas sobrinhas, pelo que o que importa é que apesar de tudo, sejam felizes.

 

A tia redondinha, encarrega-se de as ajudar a fazer os disparates/brincadeiras que não fazem em casa.

2 comentários

Comentar post