Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 sonho

Portugal de Lés-a-Lés fez vinte anos e está aí para as curvas

les_a_les.png

créditos

 

Um é operário de construção civil, o outro também e o terceiro é pintor, na construção civil. Chamam-se, respectivamente, Carlos Manuel, Carlos Manuel e Carlos Manuel. Têm motos de alta cilindrada de matrícula helvética e mais coisas em comum, como a opinião de que este 20.º Portugal Lés-a-Lés (LaL), que de 30 de Maio a 2 de Junho ligou Faro a Felgueiras, após subir a Montalegre, “valeu por toda a saison na Suíça”. Que é como quem diz que estes quatro dias de passeio em Portugal dão tanto gozo a quem gosta de andar de moto como os meses todos em que se reactiva o seguro e o registo da moto que, na Suíça, os rigores do Inverno obrigam a suspender e depositar. Agora, num breve repouso na esplanada do bucólico parque do Torrão da Veiga, na aldeia raiana de Salto, em Montalegre, estes homens entre os 42 e os 48 anos repetem uma ideia que se ouve a toda a hora aos elementos da caravana que vivem no estrangeiro: nos seus países não há nada de comparável.

 

ler mais

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.