Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

um amigo faz anos

era esta, a única forma de conseguir sair todos os fins de semana a noite... para os meus pais, uma filha adolescente não deveria faze-lo, de modo que havia aniversários com frequência, inclusive havia amigos que faziam anos várias vezes no ano... tudo isto era desnecessário, se percebessem que sair a noite era normal, e que eu só queria dançar, sempre adorei dançar... sempre que ia, era eu que "abria a pista"... pai emprestava o carro, e lá íamos as três para o Seagul... o Seagul era uma discoteca na Serra da Arrabida em Setúbal, construída próximo da praia, com um varandim de madeira sobre o rio sado... eu dançava a noite toda (mesmo que não gostasse de algumas músicas), uma bebia e chorava (efeitos do álcool), a outra ficava de lado cheia de vergonha, confesso que nunca percebi porque ia connosco... amigas de infância, mas péssimas companhias para este local, ainda hoje acho que eu era a única a tirar partido daquele espaço maravilhoso.

a vida é tua

manos-entrelazadas1.jpg

créditos

se errares, és tu que vais sofrer as consequências do ato... as angústias são o resultado da Vida, mas são tuas, e és tu que tens de as ultrapassar... o medo? esse tem de ser "deitado fora" por ti, à tua velocidade e de cabeça erguida... o que fazes, decides ou o caminho que segues, é da tua responsabilidade, e mais ninguém tem nada que ver com isso.

USUFRUI DA VIAGEM, porque é maravilhosa!

Pág. 21/21