Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

10.Mai.18

a adolescência da minha filha

Todas as fases do crescimento da minha filha, foram uma descoberta para mim como mãe... e tem sido muito positivo vê-la a "começar a abrir as asas".

 

Está na fase de me ensinar tudo e mais um pouco, e corrigir, às vezes digo-lhe que os papéis inverteram-se, eu que sou antiga agora sou a filha, e ela a mãe. Algumas vezes tem razão, muitas das outras nem tanto, mas isso faz parte do crescimento. Apesar disso, sei que continuo a ser o exemplo de vida dela, mas estou consciente que talvez deixe de o ser em breve... mas encaro estas coisas como normais, pois também sei como é ser adolescente.

 

Não valorizo as tontices próprias da adolescência, que é a necessidade de termos razão em tudo, mesmo que estejamos completamente errados. Sou da opinião, que devemos dizer tudo o que pensamos, sem ser mal educados, e não devemos fazer o que os outros querem se não tivermos vontade, e transmito-lhe isso.

 

Deixo-a ser como é, e ir definindo a sua personalidade. Mentia se dissesse que não estou atenta.

 

Sou apologista de que ela deve ir cortando as amarras, que é como quem diz, sair com os amigos, ter os seus hobbies, sem que "a mãe" esteja sempre presente, é o mais saudável.