Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

a felicidade, e o medo

faço parte de um grupo de solidariedade social, que neste momento está a em angariar EPI's (máscaras, óculos de proteção, fatos, cogulas, máscaras, viseiras, entre outros) através da doação de empresas, para distribuir por hospitais.

na semana passada chegou o primeiro carregamento vindo da China, pelo que a equipa teve que se deslocar ao local para confirmar/organizar/distribuir alguns dos bens doados. 

como devem calcular, há mais de um mês que não atravessava a ponte 25 de abril, pelo que dei por mim a chorar de alegria, uma sensação indescritível, mas... à medida que me ía aproximando do meu local de trabalho (que pelas suas características não é um local isento de riscos), o coração foi apertando, apertando, apertando... e todo o tempo que lá estive, que não foi muito, esta sensação de medo não me deixou sossegar, só em casa descomprimi.

foi positivo ficarmos resguardados em casa, claro que foi, mas para mim, e penso que para algumas pessoas, fica esta sensação de "medo" que carece de ser ultrapassada, até porque uso os transportes públicos para me deslocar no dia-a-dia.

13 comentários

Comentar post