Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

04.Out.18

das praxes (a minha)

sou da opinião, que é um marco importante na vida académica de um jovem, desde que não ultrapasse "certos" limites, pelo que se deve participar.

 

guardo boas recordações da minha praxe... fomos "amarrados" uns aos outros com um cordel, com a distância necessária para que pudéssemos caminhar, colocaram-nos umas orelhas de burro, pintaram-nos, e percorremos o Chiado a cantar, não me recordo muito bem o quê mas foi divertido.. o batismo, foi numa das fontes do Rossio com um bacio côr de rosa.

 

não me senti de forma nenhuma incomodada, e acabou por ser um elemento integrador na Faculdade.