Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

de máscara (porque sim)

é tão bom, ver os pais a levar as suas crianças a escola... ver as pessoas que saem apressadas, para ir para o trabalho... a azáfama do trânsito, num burburinho louco... gosto de ver as crianças na rua a andar de bicicleta, a brincar, fico na varanda de minha casa a vê-las (que saudade tinha)... gosto deste regresso a "nossa Vida", que bom que é este quase regresso... é maravilhoso as minhas pipokas poderem ir a escola... que bom que é os meus velhotes poderem sair, de forma um pouco mais normal... poder abraçar as minhas pessoas, estar perto... mas, quando penso em tudo o que tem acontecido, parece que estou numa máquina da roupa quase no ciclo de torcer... mesmo com o alívio das restrições, tão cedo não deixo a máscara, manias? não, segurança, depois do que senti, e do que vivenciei.

nunca mais vou esquecer, julgo que ninguém vai esquecer estes tempos estranhos... o dia em que tentei convencer um agente da autoridade que só ia ver o mar, cheirar o mar, e vinha embora, mas não consegui (obviamente, regras são regras), um bem haja pela paciência que teve em demover-me, e eu sou teimosa... ir trabalhar, e haver pouquíssimos carros na estrada... chegar ao trabalho, e o estacionamento estar quase deserto... não haver praticamente colegas, somente gabinetes quase vazios, os técnicos e gabinetes vazios, o silêncio do silêncio... também ter os meus receios, e "animar" os que de mim precisaram, as minhas pessoas, as minhas equipas... e o dia em que tomei um café, um simples café após o confinamento, foi indescritível.

o que mudou em mim? a nível pessoal e profissional continuo a ser a pessoa de sempre, humana e solidária, mas se já dava valor às pequenas grandes coisas, agora dou ainda mais... o simples fato de poder ir correr, quando e para onde me apetece, tem um valor que não é mensurável.

saudade deste nosso mundo, tanta saudade, mas maltinha, ainda não passou, estamos quase lá, mas até "lá", cuidem-se.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Di 05.10.2021 10:33

    Claro que não.
    Obrigada, bom feriado também para ti.
    Beijinhos
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.