Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

o silêncio do desejo

trazes uma rosa vermelha, e uma garrafa do champanhe que eu gosto, bem frio... ao toque da campainha e "vestida a rigor", convido-te a entrar... sorris de forma atrevida, e muito decidido abres o champanhe... ao som de jazz, com os  corpos colados, degustamos duas taças do maravilhoso "líquido"... pões-te a vontade, e em silêncio conduzes-me com o teu olhar, no desejo que nos invade... de forma ininterrupta, tomas o castelo de assalto, num desassossego gemido e intenso... tomado pelo cansaço, e ainda de relógio no pulso, abandonas-te a meu lado e adormecemos.

8 comentários

Comentar post