Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

1 Mulher

até para nascer temos que dar a volta

08.Fev.18

Somos

Sou a rua por onde caminhas, a casa onde vives, a cama onde deitas, o teu destino. 

Sou o botão da tua camisa, o fecho do teu casaco, o tecido da tua roupa. 

Sou o prato onde comes, o copo por onde bebes.

Sou a tua alegria, a tua tristeza, o teu sol e a tua noite de frio. 

Sou o mendigo que auxilias. 

Sou a tua memória, a tua imagem, o teu pensamento, o teu desejo. 

Sou o medo que te deixa alerta, e o ânimo dos dias dificeis. 

Sou a árvore que te dá um pouco de sombra, o vento que te arrefece o corpo quente. O meu corpo é o teu corpo, a tua alma, o brilho dos teus olhos, as tuas dúvidas. 

Sou a tua amante, a tua amiga, a tua companheira, a tua mulher. 

Sou a luz e a cor dos teus bonitos olhos.

Sou as asas da tua liberdade e com elas agito toda a tua vida. 

Sou o teu vinho, a tua ressaca. 

Sou a fecundação do teu ser, o perdão dos teus pecados, o teu mais profundo orgulho. 

Sou a tua humildade e a tua cobardia. 

Sou a força com que te entregas quando me amas. 

Sou a tua coragem. 

Sou o teu livro e música preferidos. 

Sou a entrega do nosso amor, a ternura do teu toque. 

Sou tua, hoje e sempre, antes e depois de me dar a ti. 

Sou tudo o que quero que sejas para mim, e o que não podemos ser um sem o outro. 

 

Sou uma só coisa, SOMOS.

(uma paixão minha, escrever, e muitas das vezes sem ser a pensar noutra pessoa, como é o caso)

2 comentários

Comentar post